TPM MODE HARD

por Kritz

Eu não escrevi nada sobre o dia internacional da mulher porque eu sou mulher todos os dias do ano, ué!
Na verdade, pelos meus cálculos, eu sangro 85 dias no ano, tenho cólicas daquelas de quem vai parir um alien pelo menos 24 dias no ano (tirando a TPM, o mau-humor, a vontade de matar meu irmão e as lágrimas derramadas de forma convulsiva e desesperada durante os comerciais de sabão em pó, margarina e naquelas propagandas de ‘sou brasileiro e não desisto nunca’, o inchaço e a sensação de quem engoliu uma melancia sem mastigar, a dor no peito, a dor na alma, o estrógeno ns alturas, as espinhas em lugares absolutamente indesejáveis, a impossibilidade (teórica) de fazer sexo (‘que feio falar isso num blog!…’ Nhé.) e o fato de ninguém levar a sério nada do que você diz ou pensa nesse período.
Pelo menos posso morder as pessoas gostosas e fofudas que me rodeiam, porque nem tudo é triste nessa vida.
Se isso não é ser mulher todos os dias do ano, meu bem, então eu não sei o que é.

Anúncios