A VIDA É JUSTA é o caralho!

por Kritz

As minhas férias acabaram, veja só você como tudo que é bom dura pouco, ai, ai.
No fundo eu odeio essa frase, principalmente quando estou vivendo coisas boas. Como me dá raiva a sensação de que por mais feliz, mais magra e morena que eu esteja agora, nada disso durará eternamente. Que vida véia injusta, fala sério!
Se eu parar pra pensar, nunca vi escrito em lugar nenhum que a vida é justa. Não é. Se a vida fosse justa, eu não deveria estar prestes a me formar. Nem teria a mãe descompensada que tenho. A vida não é justa. Definitivamente.
Agora, eu não vou mais fazer sexo todo dia e isso me irrita. Como uma vida sem sexo diário pode ser justa, pelamordedeus?
Além disso, tenho aula toda-santa-segunda-feira, às oito horas da madrugada, com um professor iraniano que fala um inglês bem daqueles com sotaque daquelas línguas esquisitas do oriente médio. Mas ele sabe falar persa também, caso a gente prefira.
Teve gente que não quis nenhum dos dois e saiu da sala quando ele entrou e disse um good morning que parecia um espirro e pronunciou num português truncado que não falava português.
Ele é um cara engraçado e disse que lá no Irã mulheres com piercing no nariz demonstram elevação espiritual. Eu pensei que de elevado eu só tenho mesmo o peso corporal no momento e nada mais. Ele riu e disse que ficava contente de entender as piadas dos alunos dele.

Onde diabos ele viu piada no meu depoimento pessoal de garota obesa?
Eu tenho comido tão pouco, parei de beber cerveja (vejam que é grave, a coisa) e não emagreço!
Me diga se uma vida dessas é justa?

Anúncios