EU SÓ TRABALHO COM GENTE DOIDA

por Kritz

Hoje rolou uma reunião pra deliberar os detalhes da confraternização de fim-de-ano do povo do trabalho. A única reunião do ano que não faltou ninguém, por motivos óbvios.
Sugeri um amigo-oculto com artigos de sex-shop.
Reinou aquele silêncio de 30 segundos, o intervalo no qual eu deveria ter dito brincadei-RÁ.
Mas não deu tempo: antes que eu pudesse abrir a boca, a mulherada encalhada e a perigo, em polvorosa, estava se organizando e marcando data pra ir, em comboio, comprar os presentes.
Juro.

Não perco esse evento de jeito nenhum.

Anúncios