SUMIU O ULTIMO PÉ DE COBRA

por Kritz

Em 2006, esse ano que já se vai, eu comprei metade de um apartamento, mudei de casa e passei a lavar meias e cuecas (essa tarefa com menção honrosa, por favor. Obrigada.)
Ontem me chamaram pra um forró * olhos brilhando * e eu disse

não, hoje é dia das promoções no Extra e eu tenho que fazer umas compras, lá em casa não tem naaaaaada, além disso não consigo acordar amanhã se eu sair hoje.

Você poderia dizer, caro leitor amigo, e não sem razão, que eu tô ficando velha.
Sim, estou.
Mas sim porque não tenho mais nenhuma amiga virgem.
Sim, é isso mesmo que você ouviu.
Eu, até um dia desses, era um ser de existência rara porque tinha uma amiga virgem.
Eu era assunto nas reuniões sociais, tão me entendendo?
Eu era apontada na rua como a garota que conhece uma virgem, e ganhava uma nota vendendo mechas do cabelo e pedaços de unha dela pra tudo quanto era pai-de-santo, praqueles trabalhos de amarração pro amor.
Quando aparecia um idiota-babaca-geralmente-bêbado dizendo que mulher virgem era que nem pé de cobra (ninguém nunca viu então não existe – piada amarela pior do que aquela do pavê) eu, claro, que não fujo de polêmica, dizia que EU, sim EEEEU, a MINHA PESSOA, tinha uma amiga virgem.
E então todos me olhavam e sorriam e me ovacionavam, jogando pétalas de flores. E a cena ficava em câmera lenta e eu acenava no meu melhor estilo Miss Brasil, enquanto tocava uma musiquinha ao fundo que eu sempre achei bem parecida com o tema da vitória do Ayrton Senna, mas não tenho como comprovar.
E nunca mais poderei tirar a dúvida, porque essa música nunca mais tocará ao fundo de nenhuma situação social minha, porque minha última amiga virgem se foi.
A única coisa que me faz ter certeza de que eu superarei essa dor foi o diálogo com a dita cuja, hoje, pelo googletalk

– Mas comé que foi?
– Foi de boa. Eu me lembrei na hora de você dizendo pra eu sempre escolher os popozudos, porque a bunda funcionava como alça, hahaha

Percebem?
Eu tenho seguidoras!
* emoção*
Me amo, sou foda, adorei.

Anúncios