2007 FOCADO

por Kritz

Um dia desses fui ler a minha lista de coisas a serem feitas em 2006.
Caralhos, não cumpri nada.
Pra esse ano pretendo fazer uma lista de metas mais realistas, pra funcionar como estímulo e ao final do ano eu não ficar me sentido tão fracassada.
Senão, vejamos.
Pra 2007 eu quero vou:

ganhar na mega-sena
Nem adianta jogar na mega-sena enquanto eu não ganhar, sonhadores tolos. Essa barbada é minha e ponto final, desistam.

perder 6 quilos
Pra quem precisava perder 3 arrobas e meia e conseguiu, 6 quilos não assusta tanto nem parece impossível, vâmo combiná.

fazer atividade física pelo menos três vezes por semana
Sexo conta?

cumprir o Evangelho no Lar ou alguma meditação que o valha
Porque eu não sou daqui e preciso não me esquecer a que vim.

ficar noiva
Ai, sou tão chique. Tenham inveja, eu entenderei.

começar o curso de pós-graduação
E rezar pra nossa senhora das câmeras escondidas pra que não tenha aula nas terças-feiras, se não eu perderei os paredões do big brother. Ou as aulas de terça, o que é mais provável. Eu sou da massa, do povão, eô, vida de gado, não tem jeito, gosto de tudo que todo mundo gosta: micareta, procissão, big brother e por aí vai.

comprar uma mesa
Na verdade eu comprarei todas as mesas do mundo com os milhões de dinheiros que a mega-sena me proporcionará. Isso vale também pra tábua de passar roupa da qual eu também estou muito precisada.

criar coragem pra ligar o forno do fogão sozinha
Não ria, eu tenho medo. De tomar uma baforada na cara e perder os cílios e sobrancelhas, ou daquilo tudo explodir.

criar coragem pra subir escadas, banquinhos e afins
Não subo nem que a vaca voe de tamanco laranja. Medo, muito medo, acho que é algum trauma de infância, eu tenho muita mania de prever todas as possibilidades e uma delas é cair e me estabacar, possibilidade mais provável dentre tantas aliás, porque vocês sabem, Murphy é meu carma.

aprender a mijar fazer xixi agachada
Naquelas situações emergenciais nas quais eu desejo do fundo do meu coração ser homem, não consigo agachar o quanto deveria e sempre mijo meu pé todo. Humilhante.

Anúncios