DANDO ATENÇÃO AOS SINAIS

por Kritz

A coisa que eu mais odeio no mundo todo é ficar gripada.
Não ligo pra diarréia, não ligo pra dor de cabeça, não ligo pra quebrar o pé em camas elásticas.
Mas a gripe, ai meu pai, afasta de mim essa catarreira.
Esse tempo de ar avermelhado aqui em Brasília faz até mesmo os calangos de raiz sofrerem.
Ontem no fim do dia começou aquele chup chup no nariz e quando cheguei em casa tomei dois anti-gipais, um chá de vick e um anti-alérgico descongestionante.

Depois de uns 15 minutos eu vi círculos coloridos, tipo onda de LSD e meu corpo todo ficou dormente. O nariz secou instantaneamente, a cabeça pesou, os olhos incharam e eu já via anjos suados afinando trombetas.
Resolvi deitar pra não pagar o mico de ver a van do UTI VIDA vir me buscar.
Cochilei um pouco e sonhei com uma barata saindo debaixo do armário.

Fui ver o significado e, advinha?

BARATA
Apenas ver uma – dificuldade em viagem.

Solta o som do Zeca Pagodinho, my boy

Anúncios