what does “ee.uu” means?

por Kritz

Fui na Embaixada dos EE.UU implorar pelo meu visto de turista e, só depois de largar na mão do segurança minha chave, carteira, celular, pendrive, crachá, piercing de umbigo, DIU de cobre e quaisquer outros objetos que tenham metal E desinfetar minha mão com alcool 92º, passar duas vezes pelo detector de metais  E desinfetar minha mão com alcool 92º DE NOVO, consegui ir pra fila dos brasileiros, aqueles que não desistem nunca.
Todo mundo é enfático ao aconselhar que,  pra entrevista do visto, você esteja rico vá bem arrumado. Pra dar impressão que você é quem você não é, tem o que você não tem, essas coisas do capitalismo.
Mas, americanos que trabalham na Embaixada, aí vai a dica: acho que valeria super a pena alguém fazer descer a apresentação de powerpoint pra explicar melhor o que é ‘bem arrumado’. A não ser que sombra azul, batom vermelho e tubinho de couro, às 8h da manhã, na frente de uma Embaixada, seja considerado ‘bem arrumado’ em algum outro planeta que não aquele o no qual eu nasci.
E a pinta de imigrante ilegal que aquele povo tem? Gente, alow, a idéia de se conseguir ir pra lá ilegalmente é JUSTAMENTE não dar na cara, saca? E outra: o país tá quebrado, véi. Sossega e espera seu bolsa-família! Até 2010, 1 em cada 3 famílias vão receber.

Depois de pagar 38 reais pra agendar o visto, 131 doletas pra ter o direito de fazer a entrevista, (e não vê-las de volta no caso de o visto ser negado, baby, durma com um barulho desses…) esperar 1h na fila pra tirar xerox das impressões digitais e mais 40 min esperando que eles devassassem nossas vidas, fizessem nossos mapas astrais, estudassem nossas árvores genealógicas (pra garantir que em nenhuma outra encarnação nós fomos orientais), se certificassem que a gente não tá mentindo quando diz que nunca trabalhou em milícia, nem aprendeu com o Magaiver a fazer bomba com palito de fósforo e liguinha de cabelo, chegou a hora da tão sonhada entrevista.
Que durou 30 segundos.
E fim.

Daqui 60 dias serei eu, lá na Disney, tentando desenroscar o nariz do Mickey.
E em NY, né, gente! Porque não, não me falta o glamour.

Anúncios