áries, o signo do fogo

por Kritz

Hoje finalmente consegui ir numa médica. De encaixe, no favor, mas consegui. Meu filho deve nascer no dia 29 de março, Pensando assim ainda falta muito, já que só agora desponta um levíssimo bucho. Só que antes, quando eu murchava, o bucho encolhia, Agora fica lá, persistente.
Hoje, segunda-feira, entro na 6ª semana. E com a data provável para nascimento, lá foi Marido ler em voz alta o horóscopo do signo de áries para o bebê, já que bebês não sabem ler (e talvez ainda não ouçam quando estão na 6ª semana de vida, mas abafa o caso.)
Leu e interpretou. E desde o 1º dia em que soubemos que estávamos grávidos, só me trata no plural. E tá com toda a paciência do mundo porque, embora eu não esteja enjoando nadinha, tô brava e irritada demais e agradeço a Deus todo dia por não ter passado no concurso da Polícia. Porque se eu tivesse passado eu teria porte de arma E arma, e já teria dado uns tecos numa meia dúzia de gente. E ter um Marido como o meu, nessas horas faz TODA a diferença.
Os hormônios, Brasil, os hormônios. Não é frescura, a gente fica numa brabeza de dar medo. Se os hormônios também ajudarem na mira, pode ser que eu adquira, nos próximos dias, um estilingue.
Não é pra matar, sabe? Só pra dar um corretivo. Tem muita gente no mundo precisando de corretivo, tá doido.
Compre uma arma de chumbo e faça sua parte, você também.

Anúncios